Perceber (todas) as religiões


Em tempo de ateísmos, agnosticismos, consumismos e economicismos, o mundo das religiões está aí. Mesmo não aderindo a teses que (con)fundem guerra e religião, é impossível passar ao lado da questão das convicções religiosas. O ataque ao (e do) islamismo é hoje uma questão presente nos noticiários, as guerras não lhe passam ao lado, as ideologias cruzam a força dos crentes.
Mas nem sempre o esclarecimento é a nota do que se diz. O caso dos cartoons, e o mais recente filme de um deputado holandês colocado na Internet, levam (ou tentam levar) o cidadão menos informado a considerar, neste último caso, que o Islão é ideologicamente fascista. Mas será?
E saberemos nós o que é essencial no hinduísmo, no budismo, no confucionismo, no taoísmo, no islamismo, no judaísmo, no cristianismo, ou, até, nas religiões primitivas?
É questão enciclopédica, dir-se-á. Mas o conhecimento das grandes linhas de cada uma das opções que condicionam a vida de milhões de seres humanos é fundamental para perceber o mundo que eles vivem – e nós vivemos.
Um livro como este impõe-se, pois, como obra de consulta, se mais não for para as horas em que é preciso esclarecer, ou melhor perceber, algo.
__________
Huston Smith
A essência das religiões
Lua de Papel, 24,00€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.