Sobreviver ao tempo


Será o prazer de viajar o mesmo de há vinte ou trinta anos, para não ir mais longe? Parece que não, quando é possível escolher a low coast, o hotel, o restaurante e mais a partir da secretária. Mas…
O problema é o mas. Às vezes alguma coisa falha, e segundo o princípio de Peter a conjunção de problemas pode ser dramática. É certo que hoje há manuais de sobrevivência adaptados aos nossos tempos – e quem se dá ao trabalho de ler antes de partir?
Mas não se perde nada em saber algumas dicas de tempos em que as coisas eram mais duras. É o caso deste livro, com edição definitiva de 1872. Dir-se-á: em tempos de GPS, quem estará preocupado com o tamanho da bússola? Ou estando os percursos previamente pagos e os guias responsáveis pelo nosso bem-estar, que interessa ter ideia de um caminho de regresso ou da improvisação mais elementar?
Os que não se limitam à excursão sabem bem como vale a pena saber resolver algumas dificuldades por si próprio. Os excursionistas, às vezes, aprendem na prática.
E, depois, esta também é uma viagem aos tempos em que o sol não servia só para ganhar o bronze, ele que é um instrumento de orientação seguro.
_________
Francis Galton
Pequeno Manual de Sobrevivência
Publicações Europa-América, 11,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.