Sérgio Cunha | Queridas Mulheres


1-O que representa, no contexto da sua obra, o livro «Queridas Mulheres»?
R- O livro é essencialmente uma sátira, são crónicas de humor sobre as mulheres, nas suas multiplas actividades quotidianas, no seu modo de viver e em particular nas suas relações entre elas próprias e os homens. Os conflitos e problemas que existem, as divergências que a natural diferença dos sexos provoca. Tento retratar estas questões com humor mas também com o intuito de todos pensarmos um pouco sobre as mesmas de uma forma despreocupada, mas intencional.Mas não escrevo só sobre mulheres, nós homens também não escapámos, em particular homens do mundo do futebol e da política.
2-Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R-Não foi uma ideia em si, foi um conjunto de vivências, de reflexões acumuladas das mais variadas formas que num determinado momento proporcionaram um click, que me fez passar para o papel/computador :) essas impressões pessoais em forma de rábula, se assim lhe podemos chamar.
3
Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
Estou a escrever várias coisas, escrever é um prazer para mim. Tenho em concreto um conjunto de textos quer de ficção (um novo romance) e algumas crónicas.

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.