Julieta Monginho | A Terceira Mãe


1- O que representa, no contexto da sua obra, o livro «A Terceira Mãe»?
R- «A Terceira Mãe» é um romance que procura as personagens no movimento em torno do confronto com a vida na sua assombrosa mistura de afectos e temores, dúvidas e confianças. Neste sentido tenta aprofundar os caminhos, já seguidos nas obras anteriores, do questionamento contínuo em relação aos temas que, no tempo e além dele, nos atormentam e nos mantêm seres atónitos e audazes.

2-Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R- Na origem deste livro estiveram duas imagens diversas que vieram a agregar-se naturalmente: a mulher atrás das cortinas de uma janela imaginada e o menino a despedir-se do mundo sem saudades, a não ser de quem virá a escrevê-lo. Memórias, afectos e o desvario do tempo foram construindo e completando a narrativa.

3-Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- Neste momento estou empenhada num projecto colectivo, uma ficção a várias mãos que, se tudo correr bem, resultará num puzzle insólito. Depois regressarei à minha oficina e farei escolhas, sem pressas: tudo o que é matéria viva se torna palavra e toda a palavra busca a escrita.
__________
Julieta Monginho
A Terceira Mãe
Campo das Letras, 14,50€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.