Passear ao ar livre


Pela primeira vez, metade da população do Planeta habita em meios urbanos. No entanto (ou talvez por isso), são cada vez mais os que se sentem asfixiados entre as ruas pejadas de trânsito e as quatro paredes dos (pequenos) apartamentos. Muitos não têm sequer o apelo das origens (já nasceram e sempre viveram em cidades), mas a vontade (o desejo) de passar algum tempo ao ar livre é enorme.
Mas quantos saberão realmente viver (por poucas horas que seja) ao ar livre? Constatação inevitável: bem poucos. O que talvez explique a quantidade de incêndios todos os verões provocados por descuido ou desleixo, os lamentáveis afogamentos ou a necessidade de resgate de aventureiros perdidos. É claro que, como em tudo, a primeira regra é o bom senso… embora juntar-se-lhe alguns conhecimentos práticos ajude muito.
Dar a conhecer esses pequenos segredos que podem fazer toda a diferença é o objectivo de “A Bíblia da Vida ao Ar Livre”, dos britânicos Paul Jenner e Christine Smith.
Não sendo uma edição de bolso, o livro é facilmente transportável na mochila ou bolso do colete e permite ao leitor levar consigo um elemento de consulta rápida. Muitos dos conselhos deverão ser lidos antes da “aventura” ao ar livre – quando não está tão aflito que a leitura é de todo inútil –, mas outros, pelo contrário, podem ser consultados no momento. É o caso, por exemplo, das dicas para identificar fauna e flora, seguir rastos de animais ou das pistas para prever o tempo.
Embora o livro esteja especialmente direccionado para passeios ar ao livre em Inglaterra, na edição portuguesa houve um esforço de adaptação à realidade nacional (como nos contactos úteis no final, por exemplo). De qualquer modo, há regras e conceitos que são universais: evitar incêndios, prestar os primeiros socorros, utilizar uma bússola.
Enfim, para os amantes do ar livre inexperientes o livro poderá ser uma ajuda a não descurar.

------------------------
Paul Jenner e Christine Smith
A Bíblia da Vida ao Ar Livre
Publicações Europa-América, 15,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.