Ruy Duarte Carvalho | A Terceira Metade


1- O que representa, no contexto da sua obra, o livro «A Terceira Metade»?
R-....... permito-me, pela primeira vez, que que um livro meu apareça com a etiqueta explícita de “romance”, depois de muita escrita de poesia, ensaio, narrativa e mesmo ficção....... e é também a primeira vez que me atrevo a dar voz a um protagonista que habita uma pele que não é, explicitamente, a minha.......

2- Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R- ...... a de insistir, na sequência de Os Papéis do Inglês e de As Paisagens Propícias, em tratar literariamente, em língua portuguesa e através de uma certa ficção, questões comuns a todos os tempos e ao mundo inteiro no tempo e no lugar muito particulares e marcados em que as aprendi e apreendi vivendo, quer dizer, no sudoeste do continente africano e durante as últimas décadas......

3-Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- ...... neste momento não estou propriamente escrevendo nada, estou tomando notas, fisgando ideias, perseguindo experiências, urdindo delírios, procedendo a leituras, recolhendo materiais, fotografando, desenhando e fazendo viagens com vista a acometer, dentro de alguns meses, a escrita de um novo livro de meia-ficção que poderá vir a ser também o roteiro de um filme que outrem rodará, talvez....
__________
Ruy Duarte Carvalho
A Terceira Metade
Cotovia, 28€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.