Glória em cada obra

Jeffrey Archer é um dos melhores romancistas da actualidade, cujos livros se transformam quase sempre em “best sellers” – não é por acaso que já vendeu 120 milhões de cópias em todo o mundo.
O antigo membro da Câmara dos Lordes até aproveitou a experiência de detenção – foi condenado a quatro anos de prisão em 2001, após um processo judicial de perjúrio –, dando a origem a mais um sucesso: Diário da Prisão.
Agora, e depois dos fenomenais Kane e Abel, Devemos Contar à Presidente? e Falsas impressões (entre muitos outros) chega às livrarias portuguesas o excelente Caminhos de Glória.
Desta vez o leitor é levado a conhecer a vida de George Mallory, aparentemente um homem comum que tinha um sonho, um grande sonho: subir até ao mais alto topo do Everest.
E é sobre esse sonho e sobre a vida de Mallory que Jeffrey Archer escreve, com uma mestria incomparável e um brilhantismo comovente.
Só para aguçar o apetite: “Ele amou duas mulheres… e uma delas matou-o”, diz a capa do livro, e eu acrescento: “as aparências iludem” e “nem tudo o que parece é”.
A história é inspirada na vida de George Mallory e cabe a cada um de nós, leitores, decidir se este homem é apenas um homem comum com um sonho ou um grande homem com direito a um lugar na História.
__________
Jeffrey Archer
Caminhos de Glória
Publicações Europa-América,19,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.