Paulo Fonseca | A Guerra da Pirâmide

1- O que representa, no contexto da sua obra, o livro «A Guerra da Pirâmide»?
R- A Guerra da Pirâmide é o livro intermédio da trilogia Império Terra. Sendo o segundo que publico representa um amadurecimento na escrita, não tanto nas palavras, mas na estruturação do texto, e um amadurecimento no próprio processo editorial. Regressando à Trilogia, Guerra da Pirâmide é o porquê. Império terra: o princípio, publicado pela Papiro em 2008, foi o quê; e o último não será o como, nem o onde, será o fim.

2 Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R- Este livro foi escrito antes do primeiro que publiquei. A sua primeira versão ajudou-me a criar um passado que pudesse justificar os acontecimentos do primeiro livro. A versão publicada, parte do princípio de que o Homem nada sabe da sua origem - nós pensamos que sabemos, mas e se antes deste universo tivesse existido outro? Como digo na sinopse: «(...)O futuro de milhoes de seres foi forjado numa batalha sem precedentes(...) que terminou na maior e mais poderosa explosão de que o Homem tem conhecimento - o Big Bang!(...)». O livro fala disso... E depois conta-nos a história dos primeiros povos humanos... que não fomos nós!

3-Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- Actualmente estou a trabalhar em várias vertentes. Por um lado, estou a reescrever o terceiro livro da Trilogia Império Terra, por outro tento manter uma colaboração activa com o Correio do Fantástico, ajudar todos aqueles que começam a aventura da escrita e que me procuram, e a manter o meu blogue http://imperioterra.blogspot.com dinâmico. Ao mesmo tempo, estou a tentar terminar um romance/conto de cariz de época, e avançar com algumas ideias que tenho na gaveta. Mas o tempo não dá para tudo e é claro que a prioridade é o volume três da trilogia
__________
Paulo Fonseca
A Guerra da Pirâmide
HM Editora

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.