Amores e desamores cruzados

Rui Vilhena é por demais conhecido como argumentista das novelas da TVI, sendo também responsável pela adaptação para televisão do best seller de Miguel Sousa Tavares “Equador”. Agora decidiu dar o passo seguinte e entrar no campo do romance, no qual se estreia com o livro “Doces Tormentas” (A Esfera dos Livros, 18€).
“Doces Tormentas” é uma história sobre o amor e o desamor num grupo de amigos constituído por três casais: a Marta e o Carlos, a Sílvia e o Paulo, o Ricardo e o Henrique.
É com curiosidade que o leitor acompanha o processo de mudança de uns casais para os outros e respectiva troca de pares; é com prazer que assiste ao desenrolar da história, saltitando espacial e temporalmente; e é com deleite que segue a história através das refeições de grupo organizadas por cada um dos casais.
O leitor acaba por genuinamente gostar de algumas das personagens e acreditar que alguns dos novos casais são melhores e mais interessantes.
No entanto, o livro peca pelos exageros finais, pelas voltas e reviravoltas consecutivas, que levam o leitor a sentir-se numa grande e longa novela.
Exceptuando esse ziguezaguear algo forçado do final, “Doces Tormentas” é um livro leve e engraçado que sabe bem ler num belo dia de Verão, enquanto se goza um merecido banho de sol.

_______________
Rui Vilhena
Doces Tormentas
A Esfera dos Livros, 18€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.