Fernando Madaíl | A Costureira sem Cabeça

1- O que representa, no contexto da sua obra, o livro “A Costureira sem Cabeça”?
R- A obra não tem contexto. É uma estreia no romance.

2- Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R- Relatar os acontecimentos militares de 4 de Outubro de 1910, que dariam origem à proclamação da República no dia seguinte, sem descrever os factos. Tudo se sabe através das conversas de rua que a costureira Amélia vai ouvindo, ao longo do dia, sem nunca sair da sua casa. E sempre que ela, uma "cabeça no ar", está a recordar as suas paixões ou a cismar na sua vida, a conciliar as tarefas domésticas e o ofício da costura, um estrondo ou uma discussão levam-na à janela para saber as últimas novidades, através dos comentários daquela vasta galeria de figuras ilustrativas da sociedade do tempo.

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- A escrita deve repousar.
__________
Fernando Madaíl
A Costureira sem Cabeça
Oficina do Livro, 11,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.