A ciência inteira uniu-se para me tramar?

Para a maioria de nós, ciência e tecnologia são palavras que implicam um certo misticismo: algo importante a condicionar a nossa vida e de que pouco (ou nada) sabemos. Aprendemos o mínimo necessário, sempre na óptica do utilizador – seja do que for, do champô ao microondas, do MP3 ao tira-nódoas – e limitamo-nos a manusear os equipamentos ou produtos que nos facilitam a vida.
Mas por vezes (não tão raras como isso, infelizmente) as coisas correm mal, e nada mais fazemos do que amaldiçoar o aparelho que avariou, o líquido que entornou, o objecto que caiu… sem nunca nos preocuparmos em perceber porquê. Na pressa do dia-a-dia damos tudo por adquirido, esquecendo a curiosidade da idade dos porquês.
Peter J. Bentley resolveu acordar-nos e espicaçar a curiosidade que todos temos, mais ou menos exercitada. E coloca-nos perante problemas (ir)resolúveis como o atraso provocado por um sono profundo, um copo de leite azedo, um leitor de MP3 a rodopiar na máquina da roupa, a interferência do telemóvel na sirene da polícia… Afinal, o que está a acontecer? E porquê????
Esta verdadeira pérola de erudição ao alcance do leitor comum chama-se “O Cientista Disfarçado – Investigando os pequenos acidentes do dia-a-dia” e vale mesmo a pena ler.
“(…) Se algo corre mal – se o meu carro resvala na estrada, ou se o motor é danificado por tê-lo enchido com diesel em vez de gasolina – não se pode culpar a ciência, mas os resultados da ciência explicam-me o que aconteceu. O que faço com esse conhecimento é da minha responsabilidade. Neste livro dar-lhe-ei essa responsabilidade”, adverte o autor, lançando o desafio:
“Irei abrir a porta à curiosidade e ajudá-lo-ei a interrogar-se novamente, ao questionar aqueles acontecimentos por vezes frustrantes que acontecem no seu dia-a-dia e explicar os melhores conhecimentos que a ciência nos deu até à data.”
O livro, além de desvendar “mistérios” que, afinal, têm uma explicação muito lógica fossemos nós um pouco mais cultos, está escrito com muito sentido de humor e desenrola-se ao longo de uma dia muito, muito azarado, daqueles em que tudo corre mal. É um verdadeiro “dois em um”: ensina e diverte.
Como sentencia Peter J. Bentley, “pequenos acidentes irão sempre ocorrer”, mas agora o leitor saberá “exactamente porquê”. Porque “Cada pequeno acidente é causado por falha tecnológica ou, mais habitualmente, por falharmos quando usamos a nossa tecnologia.”
__________________
Peter J. Bentley
O Cientista Disfarçado – Investigando os pequenos acidentes do dia-a-dia
Publicações Europa-América, 20,09€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.