O prazer de cozinhar

O prazer pela arte culinária é uma moda que parece ter vindo para ficar. A verdade é que multiplicam-se os livros, os programas de televisão, os blogues, os cursos de formação ministrados por chefs mais ou menos conhecidos…
Nunca (pelos menos em tempos recentes) a cozinha foi um local de eleição como agora. E ainda bem. Cozinhar é uma actividade com muitas vantagens: as refeições são mais saudáveis, pois é possível ter um critério equilibrado na selecção de alimentos e métodos de confecção; torna-se mais económico do que a ida ao restaurante ou a utilização frequente de pré-cozinhados; é um excelente pretexto para juntar um grupo de amigos ou familiares; e, last but not least, pode até ser terapêutico, um momento de descontracção e abstracção das preocupações quotidianas.
Não é, pois, de estranhar a proliferação nas livrarias de obras de cozinheiros profissionais, nacionais e estrangeiros, que a televisão celebrizou. Entre todos eles, é de louvar o aparecimento de um livro despretensioso de uma completa desconhecida (enfim, nem tanto, dado os inúmeros seguidores do seu blogue): “Feito em Casa”, de Joana Roque.
Com um grafismo muito atractivo que segue a estrutura de um caderno de apontamentos, o livro é quase o diário da autora ao longo de doze meses, onde obviamente têm destaque as muitas receitas que Joana confecciona para as refeições com o marido, as festas da família, as reuniões com os amigos.
“Feito em Casa” traz mais de duas centenas e meia de receitas e conselhos sobre economia doméstica e baseia-se nos dois blogues que a autora alimenta na Internet (aliás o dilema da sua criação vem relatada no livro): As Minhas Receitas (desde 2006) e A Economia Cá de Casa (desde finais de 2008).
Ao longo de cerca 450 páginas, o leitor sente que faz parte do círculo de amigos de Joana Roque, tal o tom coloquial e intimista que a autora imprime ao relato do seu quotidiano. É quase como se fôssemos com ela à missa de domingo, nos sentássemos na cozinha da avó a tomar nota dos ingredientes de uma receita, partilhássemos a sua angústia pelo prolongar do desemprego… e saboreássemos as deliciosas refeições e, no final, ela nos desse a receita e nos ensinasse os truques da confecção, como os verdadeiros amigos fazem.
Um livro saboroso, mesmo para os que não gostam de cozinhar… ainda!

__________________________
Joana Roque
Feito em Casa
A Esfera dos Livros, 20€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.