Alice Duarte | O Consumo para os Outros


1- De que trata este seu livro "O Consumo para os Outros"?
R- Este livro aborda o consumo enquanto prática cultural. Pela consideração das práticas de consumo para os outros na forma de presentes, concretizo uma análise detalhada dos laços interpessoais criados e/ou consolidados por intermédio dos bens de consumo.

2- De forma resumida, qual a principal ideia que espera conseguir transmitir aos seus leitores?
R- Este livro demonstra com exuberância de pormenores como as mercadorias são capazes de corporizar fluxos de sociabilidade, laços e relações entre as pessoas. A análise compreensiva realizada ratifica, de modo flagrante e vivo, que as pessoas e as coisas, mesmo na nossa sociedade industrial/pós-industrial, não são entidades de modo nenhum inconciliáveis.

3-Este é o segundo livro sobre o fenómeno do consumo. Como caracteriza o consumidor português da actualidade?
R- Ambos os livros resultam de uma investigação que se auto-impôs chegar a consumidores concretos, considerá-los nas suas práticas regulares de consumo e enquanto membros das respectivas famílias (e não, como seres isolados). Em virtude disso, as duas publicações ajudam à compreensão e ilustram com detalhes vivos alguns dos modos pelos quais as pessoas se relacionam com as coisas e se relacionam entre si através das coisas. Não se tratou de caracterizar um “consumidor português”, até porque as famílias consideradas foram seleccionadas no interior das classes médias urbanas. Mesmo assim, o que é notório em termos genéricos é o facto dos mais velhos e aqueles que se podem designar como sub-35 apresentarem referências e hábitos de consumo razoavelmente distintos. A reduzida dimensão das classes médias até há bem pouco tempo e as crónicas más condições materiais de vida da população em geral estão por trás, por exemplo, quer das “férias” ainda não serem um hábito generalizado, mesmo para a classe média, quer dos “amigos” como destinatários de presentes serem muito mais efectivos entre os sub-35. E o futuro próximo, muito provavelmente, não contribuirá para a consolidação de qualquer tendência animadora ou esperançosa…
__________
Alice Duarte
O Consumo para os Outros-Os Presentes como Linguagem de Sociabilidade

U. Porto Editorial, 16,50€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.