O insustentável peso da diferença

Ainda hoje os casais homossexuais são vistos com alguma estranheza e alvo de todo o tipo de comentários maldosos, principalmente devido a preconceitos sociais e culturais que continuam a subsistir. E então se se tratar de um casal homossexual em que um dos homens é muito mais velho que o outro, os comentários aumentam de intensidade. Como aconteceu num caso bastante recente, percebe-se que o jovem apenas quis aproveitar-se dos bens que o mais velho possuía, como grande maioria das pessoas diz ter desconfiado.
Se retrocedermos até aos anos 30, até uma pequena cidade italiana, Ferrara, em que a homossexualidade é praticamente desconhecida e onde a burguesia é conservadora e moralista, compreendemos como o famoso e tão adorado Doutor Athos Fadigati conheceu a sua ruína. É disso que nos fala Giorgio Bassani no interessante “Os óculos de Ouro”.
Nos anos 30, Itália atravessava um período conturbado da sua História, com a ascensão do fascismo e o começo da perseguição aos judeus, algo que Bassani não deixa de lado e que parece aproximar o narrador (que começa a sentir na pele o afastamento do resto da população por ser judeu) do médico (que entretanto já tinha sido excluído).
É com uma narrativa simples mas comovente e belíssima, uma exploração eficiente dos sentimentos – como a solidão e a diferença –, personagens bem construídas e bem exploradas e uma caracterização de época de fazer inveja que Giorgio Bassani conquista os leitores de “Os óculos de Ouro”.
O livro encontra-se adaptado ao cinema, num filme de Giuliano Montaldo (“Gli occhiali d'oro”) com Philippe Noiret, Rupert Everett e Stefania Sandrelli nos papéis principais.
“Os óculos de Ouro” é perfeito para quem deseja um bom livro para uma tarde de sol ou mesmo para um dia de chuva em que não apetece sair de casa.
Giorgio Bassani (1916-2000) é considerado um dos grandes escritores europeus do século XX, tendo sido condecorado por várias obras com os prémios Veillon, Strega, Campiello, Viareggio e Nelly Sachs.
As suas obras mais importantes estão reunidas num grande livro intitulado “Il romanzo di Ferrara”. Em português podem ser lidos “O jardim dos Finzi-Contini” e o recente “Os óculos de Ouro”, ambos publicados pela Quetzal.
________________________
Giorgio Bassani
Os óculos de Ouro
Quetzal, 14,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.