Quando o nazismo estava à espreita

Agora que os calores estivais estão próximos do fim e o Outono se aproxima, não parece despropositado ler “A Casa do Lago”, de Elizabeth Edmondson, autora dos sucessos “Uma Villa em Itália” e “A Arte de Amar”.
Quem leu os outros dois romances conhece já o estilo da autora e não ficará desiludido com esta terceira obra publicada em Portugal. Edmondson continua igual a si própria, imprimindo um ritmo vigoroso a um discurso narrativo harmonioso.
A trama centra-se numa personagem feminina, Alix Richardson, que a pretexto da vaga de frio que congelou os lagos do norte de Inglaterra regressa à casa de família para passar o Natal e patinar no lago. O regresso vai obrigá-la a confrontar-se com os segredos da família até compreender os mistérios que envolveram a sua infância e ditaram o seu presente.
A história está bem contada, como aliás é habitual nos livros da autora. No entanto, o mais interessante do livro é o retrato de uma época – o período que medeia entre a I e a II Guerras Mundiais – e de uma classe social – a burguesia industrial inglesa.
Nesse aspecto, o livro é, sem dúvida, um interessante fresco histórico, e retrata com desenvoltura a divisão ideológica que se abateu sobre a sociedade inglesa relativamente ao nazismo antes do eclodir do segundo conflito mundial. Uma divisão que provocou fortes desavenças familiares.
Quanto a Elizabeth Edmondson, recorde-se que nasceu no Chile mas cresceu entre Calcutá e Londres até ir estudar para Oxford. Actualmente reparte a sua vida entre Itália e Inglaterra.
______________________
Elizabeth Edmondson
A Casa do Lago
Asa, 15,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.