A rainha bondosa

Sandra Worth autora de vários romances históricos leva-nos a descobrir a história grandiosa da primeira rainha de Tudor, mais conhecida como Isabel, a Bondosa.
Relatos únicos são narrados desde a infância de Isabel, passando pela sua juventude até aos finais da sua vida. Apesar de Isabel de York não ser a única filha do rei, é no entanto considerada e reconhecida como a favorita de seu pai. Com um coração livre, bondoso e despido de maus pensamentos, Isabel irá descobrir que sua mãe não é a pessoa que pensa. No entanto, e apesar da gravidade dos segredos que Isabel assiste, nunca vai revelar a seus irmãos a verdadeira identidade e práticas de sua mãe e avó.
Como qualquer outra princesa da época, o futuro de Isabel estava traçado e desde muito cedo estava escolhido não só um marido mas também o local onde iria viver. Apesar de ter sido prometida a Jorge de Neville, duque de Belford, rapidamente o rumo da vida de Isabel será alterado aquando do regresso do pai da guerra contra o rei Luís de França. Na verdade essa guerra nunca chegou acontecer, porque o rei Luís teve tanto medo que prometeu pagar um resgate real durante vinte anos, para o pai de Isabel sair de França em paz e regressar a Inglaterra. Para além das cinquenta mil coroas de ouro por ano a serem pagas pelo rei Luís, Isabel foi prometida a Carlos, o Delfim, estando destinada a ser rainha de França.
O que parecia uma vida tranquila e sem grandes mudanças na vida de Isabel, irá ser completamente transformado a partir de 1482, quando a vida do reino parece estar coberto pelo manto negro. A morte do pai da Isabel e a mudança do testamento nos últimos momentos, vai mudar para sempre a vida da sua família. O ódio e desejo de vingança apodera-se da mãe de Isabel, logo após a revelação do último desejo de seu marido: o seu irmão Ricardo seria o seu sucessor.
Nada poderá ser como dantes devido ao orgulho e ganância da mãe de Isabel. A vida de toda a família seria posta em risco e anos de solidão, angustia, medos, sofrimento e pobreza física e moral irão ser o sustento e o caminho a ser percorrido por todos eles.
Na verdade Isabel irá descobrir que o ódio que a mãe fomenta pelo seu cunhado, não tem razão de ser. Apesar de ter sido educada a temer seu tio, devido a mentiras que mais tarde não terão fundamentações, Isabel vai encontrar no novo rei qualidades únicas e sinceras. Um amor verdadeiro nascerá no coração de Isabel que irá durar anos e apenas extinguir-se-á no último suspiro da vida dela. O amor pela família e por Inglaterra foi tão grande que sacrificou-se uma vida inteira, casando-se com o rei Henrique VII de Tudor que nunca amou para poder assim livrar seus irmãos, mãe e o povo de uma vida de guerras, fomes e tragédias.
Apesar das escolhas e da educação que recebeu da mãe, Isabel vai conquistar a “vida” para o povo que tanto ama. Através dos seus sacrifícios, silêncios, submissões e amor pela justiça, Isabel será sempre conhecida como a “favorita” do rei e a mais tarde como a rainha Bondosa.
__________
Sandra Worth
A Favorita do Rei
Editora Planeta, 19,95€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.