Bairro dos Livros: "Temos o tamanho de quem nos lê e dos nossos autores"


Bairro dos Livros é uma nova chancela no mercado e tem a sua origem na CulturePrint.
E, como é um projecto que se quer consistente e crescer, Minês Castanheira “promete encher as estantes com muitas surpresas”  em 2012.
__________
1-Como descreve o projecto editorial que está na génese da Bairro dos Livros?
R- A Bairro dos Livros nasce de uma vontade da secção editorial da CulturePrint de dar corpo a uma nova forma de estar junto dos autores e junto dos leitores, com trabalhos de qualidade. A chancela pretende publicar o que se escreve hoje pelos autores que escrevem hoje. São trabalhos de uma grande actualidade que sabemos que vão marcar o que se vai escrever depois e que deixamos como mensagens para o futuro. Em termos de formato, optámos pelo livro de bolso, que é fácil de enfiar na carteira e levar para o café para ler. Uma das nossas preocupações é a de fazer objectos bonitos, estimados, cheios de coisas para nos dar.

2-Em termos de géneros ou áreas temáticas, quais vão ser as principais apostas da editora?
R- A Bairro dos Livros é um “lugar” pequenino mas que tem habitantes em vários lugares do mundo. Somos, no fundo, do tamanho de quem nos lê e do tamanho dos autores através de cujas obras vamos inaugurando em poesia, em prosa, no livro infantil, praça a praça, avenida a avenida e rua a rua este nosso Bairro de letras e desenhos.

3-Para os próximos meses, que títulos ou autores têm em carteira para surpreender e conquistar os leitores portugueses?
R- Em Dezembro, a Bairro dos Livros vai já inaugurar o segundo número na porta, com a publicação de “Nunca o Mar”, livro de poesia de Minês Castanheira. Mas há novos projectos na calha e se 2011 marcou a abertura da CulturePrint e o nascimento da nova chancela editorial, 2012 promete encher as estantes com muitas surpresas.
__________
Bairro dos Livros


Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.