Nuno Freitas | Entre Suspiros


R- Tinha acabado de escrever o meu primeiro livro Sopro de Alma (2010), um misto de prosa e poesia, onde a única linha que ligava todos os estágios era o sentimento. Na realidade, o livro pode ser visto com um pequeno diário de vida, pois as histórias que nele foram escritas fazem certamente parte de um pedaço de vida que já vivemos num dado momento ou que estamos atualmente a viver. Entre Suspiros nasceu de uma forma natural, espontânea. Tinha acabado de escrever o meu primeiro livro Sopro de Alma e ainda embalado pela emoção, deixei-me escrever mais um pouco. Mas desta vez deixei-me levar pelo populismo, começando a escrever histórias cheias de vida e de sentimentos, mas em poesia popular, ao bom estilo de António Aleixo. É viciante conseguir estruturar histórias de alma em quadras populares onde a rima é rainha.
Neste contexto o que representa Entre Suspiros? Representa simplesmente mais um capítulo que acabei de escrever na história da minha vida.
Então, sem sombra de dúvidas, poderei afirmar que Entre Suspiros representa mais um sucesso, pois nele e à semelhança do que já havia feito em Sopro de Alma, acabei por escrever vida, de uma forma muito simples mas sem fugir à realidade do que já foi vivido. Então sobre Entre Suspiros terei a dizer que é um livro repleto de poemas, mas como a vida não é só amor, e neste livro escrevi vida, então é possível encontrar nele poemas que vão do amor à tristeza e da paixão à revolta.
Olhando agora para este livro, ver nele o meu nome colado a uma admirável imagem que tão bem adorna a sua capa e estando este livro associado a uma fantástica Editora Esfera do Caos, deixa-me imensamente radiante.
Nunca nos meus sonhos mais ousados teria imaginado que conseguiria ter o meu livro de Norte a Sul, incluindo ilhas, exposto nas melhores livrarias e ao lado de grandes nomes literários. Seria mesmo impensável, e se me tivessem dito há uns meses atrás que eu iria ter o meu livro exposto ao lado do Grande Fernando Pessoa, nem mesmo eu teria acreditado.
Em suma, e se me for permitido, tenho de agradecer e felicitar a minha Editora Esfera do Caos pelo excelente trabalho que tem feito e por me ter conseguido levar onde eu nunca tinha imaginado chegar, cada vez mais perto de todos vós.
É com orgulho que digo que este sonho foi bem melhor e mais real que todos os sonhos que até então tinha sonhado.

2-Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R- A ideia principal que esteve na origem da composição harmoniosa que se pode encontrar em Entre Suspiros, era tentar levar para o papel histórias de vida contadas de forma simples, com uma linguagem corriqueira, tentando dessa forma que fosse uma conversa que o leitor teria com ele próprio. O grande objetivo que tenho é o de simplesmente ser o mais realista possível: se o leitor no fim de ler um poema do livro disser “eu já vivi isto e até parece que foi escrito propositadamente para mim”, então o meu objetivo foi cumprido. E por incrível que pareça, tenho recebido mensagens de leitores que me felicitam por ter conseguido escrever em palavras simples recortes das suas vidas.
Isto sim é impagável. 


3-Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?

 No que diz respeito aos meus planos para um futuro próximo, devo revelar em primeira mão que estou a começar a trabalhar num novo livro onde vou tentar aliar o romance a uma poesia popular de que tanto gosto, tentado desta forma juntar o melhor de dois mundos.

R- Pensando no futuro e parando um pouco para olhar para este último ano, dou por mim a pensar que não poderia estar mais contente. De 2010 a 2011, escrevi 6 livros, dos quais ainda só dois foram publicados: Sopro de Alma (2010) e Entre Suspiros (2011). Dois dos restantes quatro livros são constituídos por poemas populares onde o único sentimento que impera é o Amor, servido das mais diversas formas. Os dois restantes livros passam por dois romances, sendo um deles uma história de amor como tantas outras e por último o livro que acabei de escrever recentemente afirma-se como um romance que se vai transformando em policial e Thriller à medida que os capítulos vão passando. Um deles por certo será lançado no 1º semestre do próximo ano.

__________
Nuno Freitas
Entre Suspiros
Esfera do Caos

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.