Monny Esmerallda | Saga Liberté


1- O que representa, no contexto da sua obra, o livro «Saga Liberté»?
R- "Saga Liberté" simboliza a liberdade intrínseca que jaz em cada um de nós, ou seja, o desejo ardente de ser o que bem somos, independente das vertentes impostas pela vida. Notadamente, o destino nos sugere caminhos, ao passo que, as escolhas que fazemos, determinam a direção da nossa sorte.

2- Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R- Da percepção eclodida da escravidão social inoculadora, o vírus vigente que nos devora e faz-nos prisioneiros da multidão que conduz a multidão. Foi aí então, que realizei-me que ainda somos escravos de meros modismos, cegos acorrentados pelas algemas sucintas da insensatez.

3-Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- O "Oitavo Pergaminho do Apocalipse" está pronto. Uma ode a profecia do final dos tempos, que tem como palco, a Ásia menor, região na Turquia correspondente a península da Anatólia. Nesta trama, somos confrontados com o deus e o diabo que há em nós, uma guerra santa onde hierarquias religiosas pretendem desnudar deus e virá-lo ao avesso. Mais uma saga que ostenta amores proibidos, ódios consumados, caminhos que se desencontram e segredos que chegam ao fim.
__________
Monny Esmerallda
Saga Liberté
Papiro Editora, 14,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.