Ser mulher nos tempos modernos

Allison Pearson, autora do livro “Não sei como ela consegue”, é, além de escritora, uma conhecida jornalista britânica, tendo sido nomeada pelos British Press Awards nas categorias de “melhor crítica do ano” e “melhor entrevistadora do ano”. Este romance deu-lhe uma outra notoriedade, ao receber o Virgin Books Newcomer of the Year. A obra já foi traduzida em 19 línguas.
Kate Reddy é uma mulher moderna. Trabalha numa das mais prestigiadas empresas financeiras de Londres, é casada e tem dois filhos pequenos. Kate quer fazer tudo: ser a mãe perfeita, uma mulher dedicada e uma trabalhadora exemplar. O problema é que o tempo não dá para tudo, e Kate Reddy sente isso na pele.
As permanentes críticas dos sogros, das mães dos coleguinhas dos seus filhos (que não trabalham e têm muito tempo livre) e dos seus próprios colegas da empresa (são homens não têm que se preocupar com as crianças) só tornam a vida mais complicada e o sentimento de culpa maior.
Kate faz muita “ginástica” para conseguir dar um saltinho a cada campo da sua vida, mas as coisas tornam-se mais complicadas quando numa viagem de negócios a Nova Iorque arranja uma paixoneta.
Escrito de uma maneira simples e com uma história agradável, “Eu não sei como ela consegue” é um daqueles romances para ler numas férias em que estamos descontraídos e queremos um livro que nos mantenha dentro desse espírito.
“Eu não sei como ela consegue” chegou o ano passado aos cinemas portugueses, num filme com o mesmo nome. A película foi realizada por Douglas McGrath e interpretada pelos conhecidos actores Sarah Jessica Parker e Pierce Brosnan.
________________
Allison Pearson
Eu não sei como ela consegue
Editorial Presença, 16,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.