Investigação no feminino


Há muitos anos que James Patterson é conhecido do grande público, especialmente entre os apreciadores de thrillers, género em que é considerado um mestre, com mais de 150 milhões de exemplares das suas obras vendidos em todo o mundo.
Mas especialmente depois de a sua série “Clube das Investigadoras” ter sida adaptada à televisão pela ABC – em Portugal os episódios foram transmitidos pelo canal por cabo Foxlife – poucos serão aqueles que nunca ouviram falar do seu nome.
Entre nós foi recentemente publicado mais um livro da série, “Segunda Oportunidade”, que traz ao convívio dos leitores a escrita inteligente de Patterson numa história imprevisível e, como sempre, repleta de suspense.
As quatro amigas voltam a juntar-se e a juntar as suas características pessoais e profissionais para desvendar uma série de crimes ocorridos em São Francisco, cidade cenário das aventuras do grupo.
Ainda sob os efeitos do trauma do seu anterior caso, Lindsay Boxer, agora promovida a chefe do departamento de homicídios da polícia de S. Francisco, é obrigada mergulhar a fundo no trabalho quando alguém dispara indiscriminadamente sobre o coro infantil de uma igreja, matando uma menina de 11 anos. Mas este é só o primeiro de uma série de crimes horrendos, aparentemente de cariz racista.
Quem está por detrás das mortes revela inteligência e as pistas confundem a polícia, que não consegue descortinar os motivos que movem o assassino – ou assassinos.
A detetive está convicta de que os sucessivos crimes estão relacionados entre si e que a cidade está sob ameaça de assassino em série que tem como principal alvo a própria força policial.
Para desvendar o caso, Lindsay lança-se numa investigação contra o tempo, na qual conta com a preciosa colaboração das suas três amigas: a jornalista Cindy Thomas, a médica-legista Claire Washburn, e a advogada Jill Bernhardt. O que elas nunca poderiam imaginar é que as suas próprias vidas também estão em perigo.
“Segunda Oportunidade” faz jus à fama de Patterson, ou não fosse ele um dos autores de thrillers mais premiados do mundo – tendo-lhe sido atribuído, inclusive, o Edgar Award, a distinção mais importante deste género literário. O livro, que conta ainda com a participação de Andrew Gross, lê-se de um fôlego… e o leitor só consegue parar na última palavra.
______________
James Patterson
Segunda Oportunidade
Quinta Essência, 14,40€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.