O amor em Portugal na Idade do Bronze

Em “O Primeiro Alquimista”, Sofia Martinez regressa ao romance histórico, género que marcou a sua estreia literária com o livro “Caçador e a Curandeira – Aventura de Dois Irmãos na Idade da Pedra”, editado em 2006.
“O Primeiro Alquimista” relata a história de amor de Breia e Tor, mas não se resume ao caso amoroso entre os dois jovens. Vai mais além, apresentando um fresco bastante interessante da vida na pequena aldeia de Fraga do Portugal da Idade do Bronze.
Tudo começa durante uma das habituais expedições de Bran, o grande mestre fundidor, e Tor, o seu aprendiz, em busca de um minério precioso necessário para forjarem machados de bronze. Deparam-se então com uma rapariga, Breia. A jovem, que tinha finalmente conseguido escapar da sua terra e da perseguição movida pela família, não podia dar-se ao luxo de revelar a sua identidade, por isso não lhes diz quem é.
O mestre fundidor, que começava já a sentir-se velho, simpatiza com a desconhecida e decide adoptá-la, de forma a ter alguém para o ajudar e à mulher nas tarefas diárias. Breia segue assim para a aldeia de Fraga, agora como Nan-tai, o nome que Bran lhe escolheu.
O livro narra a adaptação de Nan-tai à vida da aldeia, as amizades que estabelece e o progresso da sua relação especial com Tor. O leitor acompanha também outra história da aldeia que afectará directamente a protagonista: o casamento de Binan, filho do chefe da aldeia, com a Raina, uma rapariga de um povo do Norte.
Apesar da empatia que o leitor estabelece desde logo com Nan-Tai, Tor e Bran, Sofia Martinez explora bastante bem algumas personagens secundárias, que se tornam igualmente especiais. É o caso de Trina, irmã de Tor, e de Loun, o segundo filho do chefe da aldeia.
Uma das mais-valias do romance é a forma detalhada como a autora descreve os hábitos da aldeia e as suas tradições, para o que se socorreu de alguma pesquisa histórica, de que se encontram referências no final do livro.
Sofia Martinez é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Entre 1992 e 1995 colaborou no suplemento literário juvenil DN Jovem, tendo mais tarde participado com dois contos na recolha Mosaico, dedicada a Manuel Dias. Desde 2007 vive em Bruxelas, com o marido e os dois filhos.
Com a sua escrita leve e fluida, "O Primeiro Alquimista" proporciona bons momentos de entretenimento aos amantes de romances históricos.
__________________
Sofia Martinez
O Primeiro Alquimista
A Esfera dos Livros, 16€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.