Mário de Carvalho: O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel


1- O que representa, no contexto da sua obra o livro "O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel"?
R- Uma outra faceta, com reminiscências contemporâneas da «Belle Époque», sons de valsa e cheiro a pólvora, ruas sombrias e praças cheias de sol. O autor bem queria iluminar tudo isto de um sorriso benigno e complacente. Perdoar, perdoar, perdoar.

2- Qual a ideia que esteve na origem deste livro?
R- Várias ideias, ou melhor, várias interrogações: Porque é que não resistimos ao espectáculo da crueldade? Porque é que as mulheres são tão diferentes dos homens? Em que ponto do universo todos os mundos confluem e se misturam? Porque é que esperamos, esperamos, os bárbaros, os tártaros, Godot?

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- Histórias de amores. Desencontrados, claro, porque os encontrados não têm graça nenhuma.
__________
Mário de Carvalho
O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel
Porto Editora, 15,50€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.