Edson Athayde | Jonas Vai Morrer


1- O que representa, no contexto da sua obra o livro "Jonas Vai Morrer"?
R- Mais um livro, mais um passo: é este o ritmo que pretendo manter. A cada obra, uma tentativa de evoluir e não me repetir. No caso, obriguei-me a ultrapassar alguns desafios. Abandonei o terreno da fantasia, do realismo mágico e mantive os pés na realidade. Desejei escrever uma trama com aspectos policiais e consegui. Mantive a concisão, a estrutura próxima do folhetim e o brincar com a textura das palavras. Trata-se de um livro diferente dos meus, mas trata-se, ainda assim, de um livro meu.

2- Qual a ideia que esteve na origem deste livro?
R- Havia um título, "Jonas Vai Morrer" e o desejo de puxar essa frase como se fosse um fio de um novelo. Depois houve Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura que convidou-me para uma residência literária. A junção das duas coisas, a ideia de uma morte anunciada que talvez não vá acontecer e Guimarães como cenário, é que possibilitou a confecção dessa obra.

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- Agora só estou na estrada a promover esse livro. É preciso muita vida para que Jonas possa morrer.
__________
Edson Athayde
Jonas Vai Morrer
Livros do Edson (2ª edição)

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.