O trompete misterioso

Um português emigrado em Nova York, detective privado de profissão e amante de jazz, vê-se obrigado a quebrar todas as suas rotinas, pelo desaparecimento do Trompete Verde de Miles Davis. A pedido do reitor da universidade, onde o instrumento estava exposto, o nosso detective aceita investigar o estranho caso, em paralelo com a polícia. A investigação é feita em contra relógio, com o policia mais detestável e arrogante de Nova York. Esse caso não é o único que tem em mão, mas uma estranha providência fez com que todos se interligassem. E o que parecia ser eventos isolados acabam por se transformar numa teia bem mais complexa e com contornos bem mais sombrios. No decurso da investigação ele vesse confrontado com mortes; o reencontro com a sua antiga namorada e respectivo companheiro; com os “Zombies” gangue que controlam a cidade ou pelo menos parte; com o estranho personagem “o homem das condecorações” e os quatro maretas, emigrantes portugueses que pela idade e vivência gozam de um estatuto diferenciado. O autor leva-nos, no desenrolar da estória e através de uma descrição pormenorizado, à comunidade portuguesa em Newark assim como a diversas outras cidade pertencente à metrópole de Nova York. Esse relato abrange vários períodos da história nova-iorquina e a evolução das mentalidades e dos poderes que “controlam” a cidade que nunca Dorme.
  ___________
Francisco Duarte Azevedo
O trompete de Miles Davis
Editorial Planeta, 17,76€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.