Afonso Cruz | Jesus Cristo Bebia Cerveja


1- O que representa, no contexto da sua obra o livro "Jesus Cristo Bebia Cerveja"?
R-É um romance que tentei que tivesse uma voz um pouco diferente daqueles que escrevi anteriormente. Tentei aliar o humor e a ironia à tristeza que a solidão, a pobreza, e o isolamento provocam. Tem a particularidade de incluir um pequeno western, como aqueles que se publicavam nos anos cinquenta. É um conto que a protagonista deste livro lê e cita com frequência e que ajuda a explicar o próprio romance.

2- Qual a ideia que esteve na origem deste livro?
R-A narrativa desenrola-se no Alentejo e conta a história de uma rapariga que pretende satisfazer o último desejo da sua avó, que é viajar até à Terra Santa. Na impossibilidade de a levar efectivamente a Jerusalém, tanto por motivos de saúde da sua avó, como de falta de dinheiro para o fazer, decide, juntamente com um professor, disfarçar uma aldeia alentejana e transformá-la na Terra Santa. É uma história sobre transformações, sobre metamorfoses. Trata de todas as coisas pelas quais somos capazes de trocar as nossas vidas. E a cerveja, pelo modo como é fabricada, serve de alegoria para estas metamorfoses.

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R-Tenho um romance acabado e entregue, que será publicado em Outubro, e um livro ilustrado que estou neste momento a acabar. Estará nas livrarias, em princípio, em Junho.
__________
Afonso Cruz
Jesus Cristo Bebia Cerveja
Alfaguara, 15,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.