Lili e os conflitos


Para Gabriela Cunha, escrever tem sido uma paixão desde criança, época em que escrevia histórias com sentimentos, em que os animais falavam, em que falava das pequenas coisas da vida. Hoje em dia continua a escrevinhar blocos, cadernos e folhas soltas, que vai deixando à espera de os voltar a ir buscar mais tarde.
Agora começou a escrever para crianças e este primeiro livro surgiu numa viagem de comboio de Barcelona para Sitges. Quando releu o que tinha escrito, percebeu que era um texto para crianças sobre a consciência de se ser pessoa como as outras, com problemas e passando por vários tipos de conflitos. E percebeu que lhe agradava a busca da simplicidade, da unidade mínima de sabedoria, como passou a chamar-lhe.
A sua profissão de Mediadora de Conflitos leva-a a confrontar-se com variados conflitos intra e interpessoais, nos Julgados de Paz e Serviço Público de Mediação (familiar, penal e laboral), percebendo a partir daqui também a falta que faz conhecer os próprios processos de se ser pessoa, em confronto com o outro, diferente.
Lili surgiu como personagem a viver esta história, passada em Paredes de Coura, e Shakti, a cadela, que aparece como a voz da sabedoria.
__________
Gabriela Cunha
Lili e os Conflitos
Eu Edito, 7,50€

COMPRAR o livro

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.