Filomena Marona Beja | O Eléctrico 16


1- O que representa, no contexto da sua obra o livro "O Eléctrico 16"?
R- Representa, essencialmente, um exercício de criação. Não se  tratando de uma autobiografia, parti de varias memorias, convocando episódios e costume que dir-se-iam estar esquecidos. Um clic de computador trouxe-os até ao presente. Talvez os 
projecte para o futuro.

2- Qual a ideia que esteve na origem deste livro?
R- Várias, vindas do passado, como já referi. Direi, contudo, que a decisiva terá sido o azulejo que, na estação de Santa Apolónia, assinala o regresso do Porto, em Maio de 1958, do General Humberto Delgado.

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R-Vou, agora, nas primeiras páginas.  Já na fase da inquietação, direi. Mas ainda na fase de informação. Pesquiso sempre muito antes de escrever (e bastante, enquanto escrevo). Nada pior que discorrer sobre assuntos que se desconhecem.
__________
Filomena Marona Beja
O Eléctrico 16
Divina Comédia, 16,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.