Os livros que Borges leu

"Que outros se gabem dos livros que lhes foi dado escrever; eu gabo-me daqueles que me foi dado ler", disse Jorge Luis Borges e recorda-o na abertura desta obra. 
A Quetzal está, há vários anos, a publicar uma muito cuidada edição de bolso de toda a obra do escritor argentino e, agora, oferece-nos a sua Biblioteca Pessoal
Mais do que um livro de ensaios, trata-se de apontamentos das leituras múltiplas e diversificadas que Borges fez ao longo da sua vida.
Aqui encontramos uma visão que vai dos contos de Júlio Cortázar até às histórias extraordinárias de Edgar Allan Poe, passando por livros de autores tão diferentes como Jean Cocteau, Henrik Ibsen, Herman Hesse, Bernard Shaw, Herman Melville, Oscar Wilde, Voltaire entre muitos outros.
Borges sublinha que se trata de um "biblioteca íntima" e "díspar" composta por livros ou páginas "cuja leitura foi uma felicidade para nós e que gostaríamos de partilhar".
Obrigado, apetece dizer. 
__________
Jorge Luis Borges
Biblioteca Pessoal
Quetzal, 14,40€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.