Cláudia Morais | Os 25 Hábitos dos Casais Felizes

1. Qual foi a ideia que esteve na origem deste livro “Os 25 Hábitos dos Casais Felizes”?
R- Este livro é o resultado destes 15 anos de trabalho com casais e do meu olhar atento às investigações que vão sendo feitas nesta área. Toda a gente quer ser feliz no amor e é legítimo que queiramos saber o que é que está ao nosso alcance para fazer com que a relação mais significativa de todas possa dar certo. Aquilo que tentei fazer foi desmistificar algumas questões e explicar – de forma prática e simples – aquilo que a ciência nos tem mostrado. Não há segredos. Há escolhas concretas, que fazemos no dia-a-dia, que podem determinar o sucesso de uma relação. Isso não significa que os casais felizes façam sempre as escolhas certas. Mas fazem-nas na maior parte das vezes.

2. Os hábitos que propõe no seu livro parecem ser simples de seguir e, contudo, os divórcios não param de aumentar: que se passa?
R- Nós queremos ser felizes no amor mas nem sempre nos lembramos de fazer a nossa parte. Quando nos focamos apenas na nossa própria felicidade, esquecemo-nos da regra número um para que uma relação dê certo: cada um de nós tem a missão de fazer a pessoa que está ao nosso lado feliz. A maior parte dos hábitos que identifico no livro são, de facto, simples mas é muito fácil distrairmo-nos e deixarmos alguns de lado. A verdade é que uma relação requer investimento constante, requer que façamos, de facto, o que estiver ao nosso alcance para que a pessoa que amamos se sinta valorizada. Precisamos de prestar atenção, mostrar de forma clara que nos preocupamos com o que ela sente e estar “lá”. No final de cada dia, com a quantidade de obrigações a que estamos sujeitos, pode ser mais fácil fixar os olhos na televisão ou no telemóvel e “desligar”.

3. Se pudesse dar apenas um conselho a um casal, qual seria?
R- “Façam o que estiver ao vosso alcance para ajudar o mais-que-tudo a ser feliz”. Parece fácil e, no princípio, até é. Quando começamos a namorar prestamos muita atenção ao que a pessoa que está ao nosso lado tem para dizer. Escutamo-la, mostramos interesse e fazemos tudo para agradar. Numa relação feliz e duradoura este princípio mantém-se: cada um de nós pode dar o seu melhor para continuar a manter-se a par do que o outro precisa para ser feliz. Isso inclui trabalhar em equipa para que os sonhos sejam concretizados, inclui saborear as vitórias da pessoa amada como se fossem nossas e inclui fazer fretes e cedências porque queremos que a pessoa que amamos saiba que é importante para nós.
__________
Cláudia Morais
“Os 25 Hábitos dos Casais Felizes”
Manuscrito, 14,90€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.