Maria João Fialho Gouveia | As Lágrimas da Princesa

1- O que representa, no contexto da sua obra o livro “As Lágrimas da Princesa"?
R- “As Lágrimas da Princesa" são, para mim, a consolidação do meu trabalho enquanto romancista histórica, por ser o meu segundo livro do género. Com "D. Francisca de Bragança, A Princesa Boémia", levantei voo; com este demorei mais tempo e limei algumas arestas. 

2- Qual a ideia que esteve na origem deste livro?
R- O tema em si, dependeu de uma pesquisa alargada sobre potenciais protagonistas, cujas vidas achei interessantes. Desta feita, Aldegundes de Bragança, filha do rei D. Miguel, foi a eleita, quer pelo seu percurso, ora ditoso, ora infeliz, como pela importância que teve na monarquia portuguesa, ao conseguir recolocar o ramo do seu pai na linha do trono. Confesso que a causa miguelista e as lutas liberais, são também um tema da minha preferência.

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- Neste momento encontro-me mergulhada na pesquisa para mais um romance histórico sobre uma individualidade portuguesa. Quanto à protagonista, ainda é muito cedo para o revelar. Adianto, contudo, que já há umas páginas alinhavadas.
__________
Maria João Fialho Gouveia
As Lágrimas da Princesa 
TopSeller, 18,79€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.