Regina Ferro | Uma Viagem em Ti


1- “Uma Viagem em Ti" é uma obra de estreia: como espera poder olhar para este livro daqui a 20 anos?
R- Como primeira obra, “Uma viagem em ti” é e será sempre especial nos meus olhos. É o meu primeiro livro a ser publicado e como tudo na vida, sempre que conseguimos atingir um sonho, sentimo-nos muito felizes e orgulhosos. A primeira impressão quando se tem a obra acabada na mão, sentir ainda o cheiro das folhas frescas imprimidas, o sorriso e a emoção forte que surgiu do meu interior, nunca serão esquecidas. “Uma viagem em ti” foi a minha primeira história que está a ser exposta ao público e este passo motiva-me muito a continuar a escrever outros livros. Daqui a 20 anos, não interessando quantos livros eu editarei no futuro e se tenho sucesso ou não, esta obra terá sempre um lugar especial na minha estante.

2- Qual a ideia que esteve na origem deste livro?
R- Quando pensei escrever “Uma viagem em ti” tive a vontade de destacar através das minhas observações e da minha experiência assuntos, aspetos, temas, sobre os quais as pessoas falam pouco, dos quais não estão ainda muito conscientes e, última razão, relembrá-las como é e fazê-las refletir. Ao escrever este romance erótico tive o objetivo de realçar um sentimento - como o amor - que envolve todos os leitores e com Uma viagem em ti, tentei destacar a descoberta, a aceitação e o medo que nos envolve quando temos a impressão que alguém se torna importante para nós (a nível amoroso) e receamos a entrega total da nossa pessoa. Por outro lado tento destacar no meu livro também um aspeto importante na nossa vida, que é o fato de nós estarmos às vezes cansados de fazermos o mesmo durante muitos anos e sentirmo-nos numa só vez deprimidos por nos faltar novos incentivos, novas ideias, novas experiências. Por esta razão, sente-se muita gente deprimida, precisamente por não experimentar o suficiente e estar sempre rodeado pelo tédio do dia a dia. Esta segunda mensagem da minha história é precisamente o destaque de uma descoberta que nos pode tirar da nossa rotina e dar-nos uma nova luz para novas experiências que nos possam significar mais tarde muito.

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- Um novo romance-erótico vai surgir nos mercados português e brasileiro depois do verão. Eu sigo a minha linha como no meu primeiro livro - um romance com algumas cenas eróticas, humor, emoção e mensagens morais. O objetivo do meu estilo literário é fazer com que os leitores leiam uma história fictícia, com uma linguagem leve que os faça relaxar, a divertirem-se e a sentirem-se ao mesmo tempo como se estivessem a viver a história como os protagonistas. Não se trata só de uma história romântica, mas sim também da convivência diária com uma criança, que perdeu a mãe muito cedo e que precisa de ser vista e respeitada como tal. Por outro lado, esta história aborda também a autoestima de uma pessoa por si própria, não interessando a sua origem social, apesar de ser vitima da arrogância e maldade de uma terceira. Tento mostrar através dos olhos falantes que com naturalidade e sinceridade na nossa maneira de ser se pode cativar mais depressa o respeito e os sentimentos dos outros e que tudo o resto só pode trazer complicações indesejáveis.
__________
Regina Ferro
Uma Viagem em Ti
Chiado Editora

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.