Tudo (ou quase) sobre António Barreto

António Barreto é uma das personalidades políticas mais interessantes que surgiu nos últimos 40 anos em Portugal. Foi Ministro e secretário de Estado. Esteve envolvido politicamente durante muitos anos. A sua intervenção política, de certa forma, nunca terminou. Deixou de fazer parte do poder mas nunca deixou de se interessar e de pensar com acuidade o seu país.
Como sociólogo, coordenou alguns dos mais preponderantes e profundos estudos sobre a sociedade portuguesa do século XX (e perspectivando já o século XXI). Sendo, também, um dos fundadores da Pordata. Em jornais e revistas, escreveu algumas das mais lúcidas reflexões sobre a política, o Estado e o poder do Portugal democrático. Levou ainda para a televisão comentários acutilantes e maduros numa altura em que a superficialidade começava já a imperar no espaço mediático.
Por tudo isto, o livro de Maria de Fátima Bonifácio é importante pois está bem escrito e documentado. E tem uma grande vantagem: a amizade da autora por António Barreto não a impediu de construir uma obra isenta e sem elogios desnecessários. 
A autora não está ali para falar do amigo mas sim para permitir que um público mais vasto de leitores conheça, avalie, julgue e (muitas vezes) admire a personalidade multifacetada de António Barreto e as diversas linhas estruturantes do seu pensamento.
Em síntese, um livro a ler com toda a atenção e a merecer, quem sabe, mais 2 ou 3 volumes com uma antologia dos principais textos de António Barreto. Assim, ficaríamos a conhecer não só a personagem como poderíamos ter acesso ao essencial da sua obra, em directo.
__________
Maria de Fátima Bonifácio
António Barreto-Política e Pensamento
Pub. D. Quixote, 27,90€


Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.