Frederico Lourenço | Bíblia


1-A sua tradução da Bíblia é um grande desafio em todos os sentidos: o que mais o motivou quando decidiu fazer este projecto?
R- A motivação principal foi conhecer melhor (e dar a conhecer melhor) as palavras da Bíblia sob uma perspectiva histórico-linguística. Senti que fazia falta no nosso meio uma tradução empreendida com esse objectivo.

2-Em relação às muitas edições já existentes, o que diferencia a sua?
R- A grande diferença parte do facto de eu não ser padre católico nem pastor protestante, mas sim um helenista que estuda o Novo Testamento enquanto literatura grega. Atenho-me ao texto em si, às suas características linguísticas e histórico-literárias. Interessa-me também a história do texto, sobretudo no que toca aos seus manuscritos mais antigos.

3-Consegue dar três boas razões que mobilizem um leitor comum para ler os seis volumes desta obra?
R- Num país como o nosso em que as pessoas não têm o hábito de ler a Bíblia, penso que este projecto em seis volumes oferece um itinerário de leitura, que permite às pessoas irem lendo a Bíblia por etapas, dando atenção a cada um dos 80 livros que compõem a versão grega. Penso que as pessoas encontrarão muitos elementos e informações que as vão surpreender.
__________ 
Frederico Lourenço (Tradução do grego, apresentação, notas e comentários)
Bíblia-I e Bíblia-II
Quetzal, 19,90€+22,20€
(Edição em seis volumes: 1 e 2 já disponíveis nas livrarias)

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.