Manon Rosenboom Alves | Marca Pessoal, SA



1-De que trata este seu livro «Marca Pessoal, SA»?
R- O livro pretende ser um manual com exercícios práticos e casos concretos para quem precisa de entender melhor qual é o seu fator diferenciador no contexto profissional e como pode comunica-lo de forma autêntica e eficaz. No mercado atual, com muitas incertezas e cada vez mais competitivo a nível nacional e internacional, é pertinente saber como destacar-se dos outros com base de um profundo autoconhecimento e de uma comunicação integral com impacto ao nível de comunicação verbal (por exemplo em reuniões e eventos de networking), comunicação não verbal (os gestos e a postura), comunicação escrita (por exemplo nos emails), comunicação online (redes sociais) e imagem pessoal (vestuário e visual).

2- O peso e a força das marcas de produtos, serviços e empresas é conhecido e consensual: mas qual o impacto da criação da marca pessoal?
R- Se temos uma marca pessoal bem desenvolvida e consistente, ficamos no ‘top of mind’ das pessoas, o que traz imensas vantagens a nível de novas oportunidades profissionais. As pessoas irão lembrar-se de nós quando alguém precisam de uma pessoa com o nosso perfil (função, experiência etc). Assim será mais fácil de conseguir atingir os nossos objetivos pois a marca pessoal implica também que nos percebemos bem a nossa missão nesta vida e para onde queremos ir. Ajuda-nos a focar nas nossas prioridades e facilita para as outras pessoas saberem os nossos valores e objetivos. No fundo a marca pessoal é o nosso conteúdo, embalagem e publicidade, tal como acontece como uma marca como a Coca Cola, Apple ou Google. Quando pensamos nestas marcas sabemos imediatamente o que querem transmitir e quais são os valores da marca graças a uma divulgação consistente e clara.

3- Criar, desenvolver e afirmar uma marca pessoal no mercado português é possível? E Émuito difícil?
R- Claro que é possível e as bases são iguais para qualquer mercado! No entanto precisamos de percorrer determinadas fases para chegar à definição da marca pessoal certa para nós, o que explico no meu livro Marca Pessoal, SA – Como Comunicar, Agir e Vestir a sua Marca Pessoal para ter mais Sucesso. Quando temos criado esta marca pessoal, é necessário divulga-la o que pode ser feito através de vários meios, online e presencialmente. Relativamente à divulgação presencial, o relacionamento interpessoal é fulcral para conseguir desenvolver a nossa marca em Portugal, pois felizmente as pessoas apostam ainda muito no contato pessoal para criar confiança e relações duradouras, o que considero uma caraterística muito valiosa especificamente no contexto da cultura portuguesa. Depois também não podemos descurar a importância da presença online, cada vez mais profissional e presente na nossa sociedade. Se é fácil ou difícil depende de pessoa para pessoa Se tem dificuldades em relacionar-se com pessoas que não conhece ou se não tem muitos conhecimentos sobre por exemplo como divulgar-se nas redes sociais, o melhor é pedir ajuda a um profissional e tentar o resto a fazer e experimentar. O nosso cérebro tem capacidade de aprender coisas novas em qualquer idade pelo que podemos aprender estas técnicas todas independente da nossa idade!
__________
Manon Rosenboom Alves
Marca Pessoal, SA-Como Comunicar, Agir e Vestir a sua marca Pessoal para ter mais Sucesso
Editora RH  19,50€

Siga a "Novos Livros" por Email

A BIBLIOTECA

A BIBLIOTECA
(C) Vieira da Silva

Diga não ao cruel comércio da morte.