Apoie a Amnistia Internacional Portugal

Clube de Leytura: uma nova aposta para captar novos leitores


O Clube de Leytura é o primeiro clube português de subscrição de livros infantis e juvenis e estará disponível no Dia Internacional da Criança, na Feira do Livro de Lisboa. Segundo a Leya, o objectivo é “contribuir para desenvolver bons hábitos de leitura e para a criação da primeira biblioteca em casa a um preço muito acessível e com toda a comodidade”.
O clube funcionará de forma simples, bastando apenas um registo em clubedeleytura.com. Com esse registo, crianças e jovens receberão, todos os meses, dois livros, que serão selecionados por editores, escritores, ilustradores, professores e outros especialistas, que formarão o colectivo de curadores do Clube de Leytura.
Com esta nova iniciativa, o grupo editorial LeYa pretende “reforçar hábitos de leitura, dar a conhecer autores e obras de referência, com particular relevância para autores portugueses, e recriar tempo de qualidade entre pais e filhos”. 
O universo de obras disponíveis envolve livros das editoras da LeYa e de outras editoras do mercado.
O Clube de Leytura está organizado para cinco faixas etárias, entre os 0 e os 13 anos. Todos os meses os subscritores receberão, por e-mail, informação sobre os dois livros recomendados, podendo então optar por estes ou em alternativa por um vasto catálogo. Na primeira semana do mês seguinte receberão, por correio, uma caixa com os seus dois livros para a faixa etária em que se registaram bem como um conjunto de surpresas. O preço da subscrição será de 9,90€ por mês (portes incluídos). 
No primeiro mês, os escritores Ana Maria Magalhães, Isabel Alçada, António Mota e Alice Vieira, e a editora de literatura infantil e juvenil, Carla Teixeira Pinheiro, são os curadores “de serviço” que irão transmitir aos subscritores os critérios das suas escolhas.

PRIMEIRAS ESCOLHAS
Os dez primeiros livros serão: 
-0 a 3 anos -“Pinguim”, de Polly Dunbar e “Parabéns”, da DK
-4 a 5 anos- “A Menina que Sorria a Dormir”, de Isabel Zambujal e “Adivinha o Quanto eu Gosto de Ti…Todo o ano”, de Sam McBratney
-6 a 8 anos- “A Joaninha Vaidosa”, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, e “O Alfabeto dos Bichos” de José Jorge Letria
-9 a 10 anos- “Diário de uma Totó – Volume 1”, de Rachel Renée Russell, e “O Principezinho”, de Antoine de Saint-Éxupéry
-11 a 13 anos-“O Rapaz do Pijama às Riscas”, de John Boyne, e “As Gémeas no Colégio de Santa Clara”, de Enid Blyton

Para Tiago Morais Sarmento, Administrador da LeYa, «o Clube de Leytura pretende ser um serviço prestado à comunidade e uma resposta do Grupo à clara necessidade de criar hábitos de leitura nas crianças e famílias portuguesas. Para além da facilidade e comodidade do serviço, permite ainda adquirir livros para a sua primeira biblioteca com um desconto de cerca de 40% face ao valor de capa o que representa também uma vantagem económica muito relevante». 
Os primeiros curadores do Clube reforçam esta ideia. Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada sublinham que o Clube de LeYtura “é uma iniciativa muito louvável e inovadora”, reforçando aquilo em que cientistas que estudam o cérebro são unânimes: “a prática da leitura é o fator mais importante para o desenvolvimento intelectual das crianças e dos jovens”. 
António Mota, destaca a emoção que as crianças irão sentir ao “abrir a caixa do correio” e ao verem “que os livros que estavam dentro ganharão novos leitores”. Alice Vieira refere que «só com boas histórias os mais novos se tornam grandes leitores.»
_________
Clube de Leytura: www.clubedeleytura.com