David Borges | Amor Eterno


1-Qual a ideia que esteve na origem deste seu livro «Amor Eterno»?

R- Dar às minhas netas, quando atingirem a idade adulta, um ponto de partida para o conhecimentos dos avós e da sua própria existência, evitando uma recordação do passado limitado a pouco reveladoras fotografias, eventualmente já descoloridas. E colocar nesse ponto de partida uma história de profundo e longo amor, da qual acabaram, afinal, por nascer.

2-O livro percorre várias etapas e episódios de 44 anos da história da sua família: o que fica de mais significativo para memória futura das suas netas?
R- Pretendo sobretudo que fique a história de amor dos avós! Uma história que cruzou quase meio século e que talvez mereça a pena que descubram, não apenas para que percebam a sua própria existência mas também para que entendam que há um passado nas suas vidas e que ele deve ser descoberto a partir de palavras que ajudem a descobrir tempos e espaços que de outra forma não poderiam sequer imaginar que existiram.

3-E se… já pensou: este livro podia ser completamente diferente se não tivesse vindo para Portugal?
R- Provavelmente não teria havido livro. Quantas vezes pensei nas trajectórias que seguiríamos, eu e a minha mulher, se não tivesse havido guerra em Angola, ou se tivéssemos ficado lá! Convenço-me que teríamos sido igualmente felizes mas seguramente com outro quadro de vida, e com uma família diferente. Porém, penso nas duas minhas netas e por elas entendo que foi afinal o caminho que culminou nessas duas criaturinhas fantásticas!
__________
David Borges
Amor Eterno
Oficina do Livro  16,60€
COMPRAR O LIVRO