J. Costa/J. Couvaneiro | Conhecimentos vs. Competências

1-Qual a ideia que esteve na origem deste livro «Conhecimentos vs. Competências»?
R-Estávamos numa conferência internacional sobre educação, o Global Education and Skills Forum, a assistir a um painel sobre este tema e, subitamente, começa uma enorme discussão entre o painel, que integrava o Ministro da Educação de Portugal e alguns comentadores na audiência sobre se o currículo deve ser baseado em conhecimentos ou competências. Para nós, é óbvia a indispensabilidade de ambos, mas percebemos que persiste uma falta de consenso em torno deste tema. Foi nesse contexto que surgiu a ideia de escrever um livro em que partilhamos não apenas os nossos diálogos sobre o tema, mas muito do que vemos acontecer nas escolas. Optámos por escolher vários subtemas que mostram que esta relação é complementar: para o sucesso dos alunos, para a inclusão de todos, para aprendizagens efetivas, para uma avaliação robusta, o currículo deve contemplar estes dois eixos, pelo que o debate é bastante estéril.

2-Porque não faz sentido, no contexto educativo, a dicotomia conhecimentos/competências?
R-De forma sintética, podemos perceber facilmente que ninguém desenvolve competências na ausência de conhecimentos. Não podemos ser competentes a tocar guitarra se não tivermos conhecimentos musicais. Mas o conhecimento que não é mobilizado, corre o risco de cair no esquecimento mais rapidamente. Não defendemos uma perspetiva utilitarista sobre o conhecimento, mas sim um modelo em que o conhecimento serve também o propósito de abrir horizontes culturais, alargar formas de ver o mundo, de raciocinar e de resolver problemas. Tentamos mostrar o quão pobre seria um aluno sem conhecimentos ou sem competência e o quanto se pode beneficiar, para a construção de uma escola inclusiva e que promove uma cidadania informada e ativa.

3-Em Portugal, a Escola está a cumprir o seu papel e a contribuir para alunos com mais competências e com mais conhecimentos?
R-Sem dúvida. Todos os nossos indicadores apontam para uma melhoria sustentada do sistema educativo. Temos hoje uma população cada vez mais qualificada. Isso não aconteceria se a escola fosse o desastre que alguns gostam de descrever. Somos dois acérrimos defensores da escola pública como garante do desenvolvimento do país e, por isso mesmo, decidimos oferecer, em sinal de gratidão, os direitos de autor deste livro às escolas secundárias que frequentámos.
__________
João Costa/João Couvaneiro
Conhecimentos vs. Competências
Guerra e Paz  15,90€

COMPRAR O LIVRO